24 de março de 2013

Jornalismo&Cultura: muito prazer!

Dias atrás, fiz uma descoberta em uma banca de revistas. Depois de passar os olhos em vários títulos conhecidos, deparei-me com uma revista específica para jornalistas, da qual nunca tinha ouvido falar. Jornalismo&Cultura despertou minha curiosidade - como leitora e estudante de Jornalismo. Que revista era aquela que eu nunca tinha visto? Como ela poderia ter passado despercebida até mesmo nas discussões da universidade? Por R$ 12,90 adquiri a publicação, que tinha como chamada principal "O dia em que a imprensa descobriu a Aids no Brasil". 

Capa da segunda edição da revista


Nas primeiras folheadas, descobri o motivo do desconhecimento: a revista da Editora Minuano ainda está engatinhando. Aquela era a segunda edição.

Uso de ilustrações é um dos pontos positivos da publicação

As surpresas acompanharam minha leitura minuciosa - de olho nas pautas, no texto e na diagramação. Além de reportagens interessantes, como a da chamada de capa, destaque para a entrevista com Tinhorão, crítico musical que gerou polêmica com seus textos na década de 1970. Seções com dicas de livros sobre jornalismo, um glossário básico de jornalismo e um ensaio assinado por Rivaldo Chinem sobre o diploma também são pontos fortes da revista. 

Outro exemplo de ilustração que valoriza a matéria

Jornalismo&Cultura chama a atenção pelo trabalho jornalístico bem feito (que inclui a parte gráfica, recheada de ilustrações e com valorização das fotografias) para abordar assuntos do meio jornalístico. Vale a pena dar uma espiada.

2 comentários:

Cris disse...

Ju, que bacana! Leva pra Unisc? Fiquei louca para ver!

Juliana Bencke disse...

Levo, sim, Cris! A revista é bem bacana, mesmo.